“Dar voz ao bem-estar é priorizar a saúde mental”, diz Rui Brandão, fundador do Zenklub

O executivo aborda a importância do protagonismo do RH dentro das empresas para acolher campanhas como o Setembro Amarelo no dia a dia do colaborador
Rui Brandão, CEO do Zenklub, saúde mental

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização criada com o intuito de alertar sobre o suicídio. De acordo com a OMS, mais de 700 mil pessoas morrem por suicídio anualmente no mundo, sendo a quarta maior causa de óbitos entre jovens de 15 a 29 anos. No Brasil são, em média, 14 mil suicídios por ano — cerca de 38 pessoas tiram a própria vida, por dia, no país.

Com a pandemia, a saúde mental também se tornou uma forte preocupação corporativa. O distanciamento social somado às mudanças de formato de trabalho evidenciaram a importância do bem-estar emocional para lidar com pessoas e tarefas rotineiras. Isso também é um reflexo de outras doenças emocionais que se destacaram no relatório Global sobre Saúde Mental divulgado pela OMS em junho.

O estudo afirma que casos de depressão e ansiedade aumentaram 25% no primeiro ano após o surgimento do novo coronavírus. No entanto, apenas 2% dos orçamentos nacionais de saúde – e menos de 1% da ajuda internacional de saúde – são dedicados a essas enfermidades. Ao trazer esses dados para dentro das empresas, fica evidente a necessidade de acolher os temas abertamente.

Saúde mental no ambiente corporativo

Para falar sobre saúde mental e a campanha do Setembro Amarelo, entrevistamos Rui Brandão, CEO do Zenklub. A plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal ajuda empresas e profissionais a lidarem com temas que ainda são encarados como tabu pela sociedade:

Há movimentação por parte das empresas em busca de soluções para o bem-estar do colaborador?

Antes da pandemia, assumimos duas verdades como sociedade: a primeira é que serviços de saúde precisavam ser consumidos presencialmente. Ou seja, se você quisesse cuidar da sua saúde, precisava se deslocar até o local. A segunda é que saúde mental era algo pouco abordado e a pandemia escancarou isso. Hoje, podemos consumir saúde remotamente, onde estiver, com facilidade e proativamente.

Agora voltado para empresas, elas entenderam que escritório, trabalho e produtividade não são sinônimos. Estamos em uma nova fase e a pandemia acelerou esse processo, cada vez mais as pessoas têm se dedicado à capacidade mental e criativa. A partir disso é possível gerar produtividade, realização profissional e resultados. Houve uma grande oportunidade de investir em saúde mental como um ativo e não um custo. Isso porque, ao diminuir a quantidade de pessoas que estão adoecendo, aumenta-se o desenvolvimento dos colaboradores.

Ainda sobre a pandemia, houve aumento na quantidade de horas utilizadas em sessões?

Acreditamos que as pessoas não iriam procurar o Zenklub pela questão da crise e a necessidade de ter uma reserva de emergência financeira. O que vimos foi exatamente o oposto, percebemos uma quebra de tabu, como também a busca pelo investimento em si mesmo. Isso para indivíduos no geral e os próprios profissionais, que do dia para noite tiveram que investir no digital. Se antes também havia estigma em atender remotamente, a pandemia mostrou que já não era mais assim.

Expressão quiet quitting: a demissão silenciosa

Já ouviu falar em “demissão silenciosa” ou “quiet quitting“? Acredita que a falta de saúde mental no ambiente de trabalho é um fator que corrobora com o termo?

Para mim, o quitting é um termo novo para um comportamento antigo. Precisamos desenvolver mais o ser humano, o Rui está em constante transformação também, as mudanças estão acontecendo mais rápido e nos adaptar é importante. Isso significa não só fortalecer habilidades técnicas, mas a forma como lideramos e estabelecemos objetivos que motivam as pessoas no trabalho.

Na verdade, temos que fortalecer as lideranças porque os tempos mudaram, e a forma de se relacionar com o outro também. Hoje o que nos motiva não necessariamente são as mesmas coisas de dois anos atrás, estamos ressignificando o que é trabalho.

Para isso, temos que buscar conhecimento e formação para que fenômenos como esse não ganhem mais proporção. Diversas empresas nos procuram com o propósito de desenvolver a mentalidade da liderança, ajudando líderes a estarem bem mais preparados porque os desafios mudam. Isso é comum.

Campanha Setembro Amarelo

Como a Zenklub orienta seus clientes durante a Campanha do Setembro Amarelo?

Quando escolhemos “Dar voz ao seu bem-estar” como tema para a campanha de 2022, queremos que pessoas, empresas e profissionais comecem a priorizar questões como essa na prática. No mês de setembro, temos feito workshops com especialistas renomados tanto para colaboradores internos quanto para empresas que atendemos.

Acima de tudo, é importante dar mais voz ao RH. O desafio era a tangibilidade das ações, por isso, vamos reconhecer e fomentar o protagonismo dessa área a partir dos dados, premiando empresas por seus resultados. Isso é fornecer insumos que mostrem o impacto de investir em saúde mental.

O papel do Zenklub é criar produtos e soluções que empoderem empresas de forma transversal. Temos selos para fortalecer a marca empregadora, como o Índice de Bem-estar Corporativo (IBC) que desenvolvemos e outras ferramentas de avaliação que ajudem a identificar o comportamento dos colaboradores.

Dar essa visibilidade para a empresa é importante para que ela inclua estratégias que não estavam desenhadas, pois não enxergava o problema. Diferentes pessoas precisam de diferentes acolhimentos e tratamentos. Oferecemos desde treinamentos de liderança a grupos de conversas com terapeutas. Somos um parceiro de ponta a ponta da empresa, tudo que está relacionado ao emocional e às pessoas.

Leia mais

Diversidade nas empresas: como avançar na inclusão LGBTQIA+

_Seja Parceiro

Quer bater um papo e conhecer os cases da agência de forma detalhada? Topa um café? Basta ligar no telefone abaixo ou nos enviar um email pelo formulário ao lado!

Telefone: +55 11 96899-2389

Desenvolvido por TRIWI MARKETING DIGITAL com 💜 e  ☕
Todos os Direitos Reservados à VCRP Brasil®