Com foco em expansão e novas aquisições, shopper.com.br anuncia aporte de R$ 120 milhões

A startup, que atua como um sistema de reabastecimento de itens de consumo doméstico, quer atuar também no Rio de Janeiro, além de dobrar o número de colaboradores
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Se antes a ideia de fazer supermercado online parecia distante, hoje é mais que uma realidade. Com o isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, milhares de brasileiros tiveram que se adaptar à nova rotina, e viraram adeptos às compras por um clique. Nessa corrida virtual, ganha quem está, de fato, preparado e com foco 100% em digital. Boa notícia para a shopper.com.br: nesta terça-feira (18), a startup e maior supermercado 100% online do país, anunciou aporte de R$ 120 milhões, fruto da rodada Séries B, realizada por investidores estrangeiros. 

Agora, com o montante na conta, a empresa mira não apenas em novas aquisições para aumentar a competitividade e expertise tecnológica, como atuar em mais de 60 municípios – atualmente, a companhia oferece seus serviços para mais de 250 mil pessoas cadastradas na plataforma e atua em 1.400 bairros da Grande São Paulo, além de 22 municípios próximos. 

Leia também: Nubank é Davi ou Golias? Por que não os dois?
Go green or go home: a importância do ESG para as empresas

“O nosso modelo de negócio oferece um novo jeito de ‘fazer supermercado’, auxiliando o cliente a planejar e, por consequência, economizar. Além de todos os resultados que giram em torno do crescimento, tanto no número de cidades em que atuamos quanto em tamanho, temos entregado eficiência e a melhor experiência de compras para os clientes”, diz Fábio Rodas, CEO da Shopper. “Agora, com o aporte, nós queremos investir em mais tecnologia, realizar aquisições, levar nossos serviços para mais cidades e aumentar nosso time”, completa o executivo. 

A série B veio um ano após a primeira rodada da companhia. Na época, a shopper.com.br angariou R$ 10 milhões em um movimento comandado por José Gallo, um dos grandes nomes do varejo nacional e chairman da Renner. Além dele, Juscelino Martins, do Grupo Martins e fundo Canary VC, e o empreendedor Ariel Lambrecht, co-fundador da 99, também apostaram na companhia. 

Carrinho online 

Fundada em 2015 atuando com sistema de reabastecimento de itens de consumo doméstico, como produtos de limpeza, higiene pessoal, alimentos, bebidas, utilidades e produtos para pets, a shopper.com.br segue o modelo de compras programadas: o consumidor monta sua cesta, seleciona o dia de entrega e finaliza sua compra. A partir de então, recebe em casa suas compras com praticidade e economia todos os meses; sua lista fica salva no site ou app e uma entrega fica automaticamente pré-agendada para cada mês. O cliente recebe lembretes todos os meses para alterar sua lista antes das próximas entregas (ou até alterar a data de entrega, se precisar antecipar, adiar ou pular uma entrega). 

E se durante um tempo muitos se indagavam se um modelo de negócio desse formato funcionaria no país, a resposta veio por meio de dados: o faturamento cresceu quatro vezes entre 2019 e 2020 – nível que deve se repetir em 2021. 

“Esse crescimento é resultado do foco em nosso propósito desde o começo, que é aliar a melhor experiência para as pessoas em torno de um consumo com menos desperdício, mais eficiente e prático, que permita que as pessoas não precisem se preocupar com a falta de produtos básicos em casa”, afirmou Bruna Vaz, COO da Shopper. “Nós gostamos de dizer que fazemos o básico bem feito com uma pitada de encantamento. Com esse aporte vamos poder expandir e encantar ainda mais pessoas”, completou. 

Embora o aumento exponencial tenha tido como pano de fundo o isolamento social, o comportamento da população mesmo visando o cenário pós-pandemia tende a ser cada vez mais digital. 

Segundo a pesquisa State of Commerce, da Salesforce, as compras online cresceram 200% entre março de 2019 e março de 2019 no mundo todo. E engana-se quem acredita que após a pandemia as pessoas deixarão de comprar online. Projeções da McKinsey para até 2024 mostram que compras online de alimentos e telemedicina, por exemplo, chegaram para ficar e não sairão dos hábitos da população mundial como um todo. 

Agora, diante do novo aporte, a shopper.com.br tem planos mais ambiciosos. Além de focar na expansão para municípios de São Paulo e turbinar seu time de colaboradores , com a captação de mais de 500 talentos até o final do ano, a startup pretende alçar voos interestaduais. “No segundo semestre deste ano ou, no mais tardar, no primeiro semestre de 2022, vamos passar a atuar também no Rio de Janeiro”, avisou Fábio Rodas.  

_Mais para explorar

_Seja Parceiro

Quer bater um papo e conhecer os cases da agência de forma detalhada? Topa um café? Basta ligar no telefone abaixo ou nos enviar um email pelo formulário ao lado!

Telefone: +55 11 96899-2389

Desenvolvido por TRIWI MARKETING DIGITAL com 💜 e  ☕
Todos os Direitos Reservados à VCRP Brasil®